Home Madanis Roteiros Nacionais Roteiros Internacionais Gastronomia Entretenimento Contato  

30 agosto, 2012

O badalado Réveillon em Fernando de Noronha

O paraíso existe, fica no Brasil e tem nome e sobrenome: Fernando de Noronha, declarado Parque Nacional Marinho em 1988, o arquipélago é um dos destinos mais belos e bem preservados do litoral brasileiro.

Dezembro e janeiro é a época mais disputada, os preços de hospedagem e transporte são exorbitantes, um custo benefício que você pode cogitar em passar essa época em qualquer lugar no mundo. Tudo da ilha vem direto do continente, isso ajuda encarecer os custos, além da “taxa de preservação da ilha”, quanto mais dias você permanece na ilha, mais aumenta o valor da taxa diária.

Mas “Noronha” é “Noronha”, seja réveillon ou uma semana comum, vale cada centavo gasto. Estive na ilha os últimos dois anos e repetiria quantas vezes mais. Não satisfeita, repeti o roteiro no último carnaval. Só tenho a agradecer esse lugar maravilhoso, que me trouxe momentos únicos e amigos especiais em minha vida!

A ilha é pequena, com apenas 17 km quadrados e a menor BR do país (a 363), com 6 km de extensão – o que facilita desbravar a ilha e seus encantos.


O que fazer: caminhadas com visuais alucinantes com piscinas naturais, caiaque, passeios de barco e de bugue, palestras do projeto Tamar, marcação de tartarugas na praia Sueste do Projeto Tamar, observação de golfinhos, snorkel e muito mais. Mas o que não pode ficar de fora, de jeito nenhum, do seu roteiro é o mergulho com cilindro, afinal, estamos falando de um dos melhores lugares do mundo para a prática do esporte, com até 50 m de visibilidade, águas quentes e uma rica fauna marinha.



Observação: nessa época o show fica por conta das ondas que chegam a ter mais de 10 pés (3m), a ilha fica repleta de surfistas e as praias mais badaladas da galera do surf são: PraiaCacimba e Conceição.


Durante o dia, qualquer praia que você estiver não encontrará muito movimento, pois a ilha tem um controle severo de visitantes por dia. A noite é o momento onde as pessoas se encontram, principalmente nos restaurantes badalados: Zé Maria com suas noites gastronômicas, Pousada Maravilha, Palhoça da Colina, Cacimba Bistrô, Mergulhão, Beijupirá e Xica da Silva. Não deixe de conhecer o tradicional forró do Bar do Cachorro e o reggae da Pizzaria, onde a diversão e paquera é garantida.




Para se locomover na ilha existe a opção de táxi, aluguel de bugue, motos e bike, detalhe: caronas são super comuns pela ilha. Essa época (dezembro- janeiro) movimenta uma galera bonita, bacana e descolada. Nesse período rola muitas festinhas pela ilha, o segredo é se enturmar para descobrir onde vai ser o burburinho da noite.

A festa de réveillon, sem sombra de duvida, é a tradicional festa do Zé Maria- um anfitrião e tanto. O convite (média de R$ 600- 700,00) dá direito uma farta e deliciosa ceia e bebidas (água, cerveja, vodka e energético). A festa recebe em média 1200 convidados, um verdadeiro mar de gente bonita. O espaço da pousada toma forma para atender a todos, com o grande salão e a varanda do restaurante, uma pequena pista interna e um grande palco com dois telões com uma grande pista externa montada em cima da piscina. A festa de réveillon é temática, todo ano com uma nova decoração, os ambientes têm ótima iluminação, com espaços para conversar e curtir a festa fora da pista. O momento dos fogos é emocionante e faz parte da alegria contagiante da festa que vai noite adentro regado de muita música boa, terminando somente no raiar do dia.


Se você tem interesse em visitar esse paraíso no réveillon, já está mais do que na hora de fechar sua viagem para não cair em cilada. São poucas as boas opções de hospedagem: as pousadas mais simples (casinhas de pescadores) são geralmente muito limpinhas onde você aluga uma suíte com café da manhã, porém muito cuidado para não cair em cilada, algumas delas vendem 2x o mesmo quarto deixando os hóspedes na roubada. As pousadas intermediárias são as primeiras que esgotam suas vagas, já as pousadas top´s é opção para poucos, já que seus pacotes variam de 15 a 40 mil reais.

Dicas para a viagem:
--> A taxa da ilha é paga ao desembarcar no aeroporto, para evitar filas, pague pelo site.
-->Não deixe de abusar do protetor solar, água e um boné ou chapéu.
-->A ilha não tem boas opções de compras nos seus mercadinhos, portanto, leve suas champagnes e espumantes.
--> Para almoço e jantar nos restaurantes badalados é necessário fazer reserva.
--> Dia 25/12, 26/12, 31/12 e 01/01, é essencial fazer reservas para almoço e jantar, já que nem todos os restaurantes estarão abertos.

Como chegar:
Vôos saindo de Recife (540 km)
Vôos saindo de Natal (360 km)

Onde ficar:
Pousadas Top´s:
Zé Maria (não é uma boa opção para o dia do réveillon, já que a bagunça da ilha é feita na pousada)

Pousadas Intermediárias (com ótimas opções de chalés e vistas):

Mergulho (credenciado ou batismo): Super indico a operadora Águas Claras, todos são simpáticos e muito prestativos.

Um comentário: