Home Madanis Roteiros Nacionais Roteiros Internacionais Gastronomia Entretenimento Contato  

10 setembro, 2012

Esclareça todas suas dúvidas de como escolher o melhor Whey Protein

Por Gabriella PereiraNutricionista

blogmadanis@gmail.com

Por que a proteína é importante para quem quer entrar em forma?
As proteínas são responsáveis pela construção dos músculos e reparação de pequenos traumas.

Elas contribuem para aumento do metabolismo e ajudam na queima rápida de gorduras. A sua ingestão é muito importante tanto para quem quer ganhar massa muscular, quanto para quem quer apenas tonificar. Entretanto, existe uma grande variedade desses produtos no mercado e pode bater aquele dúvida na hora de optar por algum.


A 1ª coisa que você precisa ter em mente é que a escolha do seu Whey Protein está diretamente ligada aos seus objetivos, pois quanto mais puro o produto maior será a quantidade proteínas isoladas. Por isso eles são classificados da seguinte maneira:

Whey protein concentrada: normalmente obtido por ultrafiltração, ou seja, permite a passagem das moléculas menores como lactose, gordura e resíduos e concentra as maiores. Essa tecnologia permite um concentrado de no máximo 89%.

Whey protein isolada: são concentrados com mais de 90% de proteínas, obtidos por dois processos: a microfiltração, na qual filtros menores são utilizados; ou a troca iônica, considerada mais eficiente e que atinge 100% de pureza.

Whey protein hidrolisada: tanto a concentrada quanto a isolada podem ser hidrolisadas. A hidrólise é a quebra das moléculas de proteínas em peptídeos menores por processos enzimáticos ou químicos.

ALGUNS DETALHES IMPORTANTES A SEREM CONSIDERADOS QUANDO FOR ESCOLHER O SEU WHEY PROTEIN:

O primeiro deles é olhar nos ingredientes que nela contém. A lei exige que se coloque na ordem o que mais contém no pote. Por exemplo, ingredientes: proteína do soro do leite isolada, proteína do soro do leite concentrada, peptídeos do soro do leite, cacau, sal, aroma natural e artificial, estabilizante lecitina de soja, edulcorantes artificiais sucralose e acessulfame. Não contém glúten conforme podem ver, o que mais tem no pote no exemplo citado é Whey Protein Isolada. Essa é uma das formas de verificar se seu whey é mais concentrado, isolado ou de outra forma.

Existem wheys que por incrível que pareça tem maltodextrina em primeiro lugar, portanto fiquem espertas. Outro fator muito interessante é verificar que tipo de adoçante é utilizado no seu whey. No nosso exemplo citado, ele é adoçado com sucralose, que no caso é mais encontrado em wheys importadas e é considerado o melhor adoçante. Em outros, na sua maioria de origem nacional, verifica-se aspartame, glúten e outros componentes desnecessários.

Quando for comprar não se preocupe com a quantidade de proteína por dose, porém, os mesmos não se atentam a economia quanto a quantidade de proteínas em cada dose. Explico melhor, qualquer whey pode ter 50g de proteína por dose, o que vai diferenciar é a CONCENTRAÇÃO. Uma whey com 50g de proteína, mas a cada 100g de produto é uma whey pouco concentrada e algumas marcas se aproveitam e usam isso como tática de marketing, pois vendem um whemaltodextrina iludido, colocando no pote 50 gramas de proteína por dose.

Diante do exposto é possível concluir que as proteínas do soro do leite apresentam um excelente perfil de aminoácidos, sendo caracterizadas como proteínas de alto valor biológico. Além disso, os aminoácidos essenciais presentes favorecem a hipertrofia, ao passo que reduzem o catabolismo protéico, e, em combinação com exercícios físicos com peso, podem trazer resultados ainda melhores. Daí começam as dúvidas. Qual escolher? Onde comprar? Quando tomar?Por fim, é importante que haja a orientação de um profissional nutricionista para que sejam estabelecidas as dosagens corretas e os horários adequados para o consumo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário