Home Madanis Roteiros Nacionais Roteiros Internacionais Gastronomia Entretenimento Contato  

07 novembro, 2012

Dermatite Atópica

Por Natalie Haddad
Dermatologista
blogmadanis@gmail.com

Dermatite Atópica, ou eczema atópico, é uma doença crônica de caráter alérgico, que causa inflamação da pele, levando ao aparecimento de lesões e coceira. 
Geralmente, afeta pessoas com história de asma e rinite alérgica. TRÍADE ATÓPICA= ASMA + RINITE + DERMATITE ATÓPICA
A causa exata da Dermatite Atópica é desconhecida.

No entanto, atualmente se sabe que
 não é uma doença contagiosa, e sim uma doença de origem hereditária 
(isto é, herdada de um dos pais).
 Cerca de 70% dos pacientes com dermatite atópica tem antecendentes familiares de alergia.
É uma doença muuuito comum, universal, sendo mais encontrada em áreas urbanas. A incidência da Dermatite Atópica tem aumentado nas últimas décadas e atualmente afeta de 10 a 15% da população, em alguma época da vida.
Tem início precoce, geralmente no 
primeiro ano de vida. O prognóstico é bom. Passada a infância, pode ocorrer o desaparecimento total das lesões mas, geralmente, a doença tem curso crônico (longa duração), apresentando períodos de melhora e de piora. Muitas vezes, a dermatite atópica desaparece, mas é substituida por outra forma de atopia, como asma e rinite.

Principais Características: 

O principal sintoma é a coçeira !!!! Além disso, caracteriza-se pelo aparecimento de lesões na pele.


Na infância, as lesões de pele são mais avermelhadas e descamativas. podendo até sair uma águinha, e localizam-se na face, tronco e superfícies externas dos 
membros. O ato de coçar pode infeccionar o local.Nas crianças maiores e adultos, as lesões localizam-se mais 
nas dobras do corpo, como pescoço, dobras do cotovelo e atrás do joelho. A pele destes locais torna-se mais grossa, áspera e escurecida. Em casos mais graves, a Dermatite Atópica pode acometer grandes áreas do corpo.
Outra característica da pele do atópico é a sua tendência maior ao ressecamento. A pele ressecada aumenta a sensação de coceira e piora a descamação. O estresse emocional pode agravar os surtos e não deve ser menosprezado.

Cuidados:
- Hidratação: A hidratação da pele é fundamental !!!! Portanto, deve-se evitar sabonetes agressivos, buchas, banhos quentes e demorados.O hidratante deve ser aplicado logo após o banho, para uma melhor absorção. Existem vários hidrantes específicos para Dermatite Atópica.
- Irritantes: Evitar substâncias irritantes, como produtos químicos em geral, roupas de lã ou 
de fibras sintéticas, poeira e fumaça de cigarro. 
Usar basicamente roupas de algodão.
- Ambiente: O quarto ou outros ambientes onde se 
passa a maior parte do tempo, devem ser bem arejados, sem 
muitos móveis, cortinas, carpetes e bichos de pelúcia.
- Alimentação: O papel das alergias alimentares e das dietas ainda é 
controverso.
- Temperaturas: Frio extremo, temperaturas altas ou mudanças bruscas de temperatura, são
 mal toleradas pelas pessoas com dermatite atópica.
- Emocional: O controle o estresse é muito importante.

Tratamento:
As lesões são tratadas com o uso de cremes e pomadas à base de corticosteróides ou outras substâncias que ajudam a combater a inflamação. Em caso de infecção, devem ser usados antibióticos. Medicações anti-alérgicas ajudam a diminuir e controlar a coceira. Casos mais graves podem necessitar de medicações mais potentes, via oral, para o seu controle. O tratamento da dermatite atópica depende de cada caso. Consulte seu dermatologista sobre o melhor tratamento indicado para o seu caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário