Home Madanis Roteiros Nacionais Roteiros Internacionais Gastronomia Entretenimento Contato  

04 fevereiro, 2013

BCAA - conheça sua importância

Por Gabriella Pereira
Nutricionista
blogmadanis@gmail.com


Mais de 20 aminoácidos são necessários para a construção de músculos e para a manutenção de importantes funções vitais. O corpo humano pode produzir quase todos os aminoácidos, com exceção de 8 a 10 que devem ser obtidos por meio da alimentação ou de suplementação, os chamados "aminoácidos essenciais". Dentre os aminoácidos essenciais, temos 3 deles que são os chamados BCAA's : L-Valina; L-Leucina ; L-Isoleucina


BCAA é a abreviação de "Branch Chain Amino Acids" que significa "aminoácidos de cadeia ramificada". Apesar destes aminoácidos não serem considerados a principal fonte de energia para o processo de contração muscular, sabe-se que estes atuam como importante fonte de energia muscular durante o estresse metabólico. Neste contexto, estudos têm mostrado que nestas situações a administração de BCAAs, particularmente a L-Leucina, poderia estimular a síntese proteica e diminuir o catabolismo proteico muscular.

Alguns estudos com a suplementação de BCAA demonstram que essa estratégia nutricional pode ser positiva na promoção do anabolismo proteico muscular e diminuição da lesão muscular após o exercício, evitando a fadiga pós treino e contribuindo para a síntese proteica. A fadiga decorrente do exercício físico é um fenômeno complexo cujas causas parecem depender do tipo, intensidade e duração do exercício.
Estudos também apontam que a suplementação com BCAAs promove aumento significativo nos níveis plasmáticos de glutamina no período de recuperação (pós-exercício), uma vez que servem de substrato para a síntese deste aminoácido.

Vale lembrar que a recomendação do consumo de BCAAs é considerado individual . Os principais efeitos adversos relatados com o uso do suplemento, especificamente com altas doses, são: desconforto gastrintestinal, como diarréia, além de comprometer a absorção de outros aminoácidos. Somente um nutricionista especializado ou médico poderá orientar e recomendar o consumo correto deste e outros suplementos com segurança.


Nenhum comentário:

Postar um comentário